Microcrédito da Bolsa Família – Cadastro

O Microcrédito da Bolsa Família é o mais novo desafio do Governo Federal para incentivar o empreendedorismo no Brasil. A atitude faz parte do plano Progredir, uma ação que vai atrás de promover a autonomia financeira de todas as pessoas recebidas pelo maior programa social de transferência de renda do Brasil.

Microcrédito da Bolsa Família – Inscrição

Para quem já está inscrito no Cadastro Único de Projetos Sociais do Governo Federal já pode sim se inscrever no site do MDS   para participar das ações do projeto Progredir. A início, a iniciativa está com objetivo em duas vertentes: inclusão financeira ( que ensina a abrir conta bancária, pedir maquininha de cartões e ter microcrédito) e assistência técnica ( que dá consultoria, orientação e capacitação na área de empreendedorismo.

Microcrédito da Bolsa Família
Microcrédito da Bolsa Família

Microcrédito da Bolsa Família – Informações Sobre o Benefício do Programa

O projeto Bolsa Família é o responsável por auxiliar mais de 13 milhões de famílias do Brasil em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Por esse motivo cada núcleo familiar ganha até R$ 178,44 para complementar a renda e ajudar nas despesas básicas com alimentação, saúde e educação.

O Microcrédito é um empréstimo destinado ao beneficiário do projeto que quiser investir no próprio negócio. O progresso rende lucro para bancar pequenos empreendimentos, mas também fará ações com objetivos em assistência técnica, consultoria e capacitações na área de empreendedorismo.

Todos os beneficiários do Bolsa Família serão incentivados a abrir o próprio negócio de forma bem legal, ou seja, se forma Microempreendedores Individuais (MEI). Eles ganharam uma ajuda financeira para realizar o primeiro investimento e assim terão a chance de terminar de vez com a dependência do programa social.

Quando a renda melhorar, o empreendedor visto pelo Bolsa Família precisa solicitar o desligamento voluntário do projeto. Se porventura, o negócio acabar ou der certo, o mesmo poderá retornar a receber o benefício do governo federal.


Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *